Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!2 Coríntios 5:17

Frase do Dia

"Eu segurei muitas coisas em minhas mãos, e eu perdi tudo; mas tudo que que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King


Soli Deo Glória – “A Deus somente, a glória”, ou a exclusividade do serviço e da adoração a Deus.

Solus Christus -“Somente Cristo”, ou a suficiência e exclusividade de Cristo

Sola Fide -“Somente a Fé”, ou a exclusividade da Fé como meio de Justificação.

Sola Gratia – “Somente a Graça”, ou a única causa eficiente da salvação
Sola Scriptura - "Somente a Escritura"

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

TESOUROS ENCONDIDOS



Por: Érica da Silva


Deus – O grande criador de todas as coisas criou o ser humano e o dotou de habilidades e inteligência, colocou em nosso interior grande e preciosos tesouros.
Muitos partem dessa vida sem que tenham explorado essas minas, sem sequer ter descoberto tesouro algum. Seria muito fácil se encontrássemos esse tesouro do lado de fora, mas Deus colocou dentro de nosso ser e esta guardado, ninguém poderá desenterrá-lo, senão nós mesmos.
Ninguém será o que ele te criou para ser, ninguém fará o que é para você fazer – pelo menos, não como você.
É preciso cavar, é preciso garimpar.
Há aqueles que um dia iniciaram uma busca, começaram a garimpar, mas pararam, seus braços fraquejaram, suas forças se esvaziaram se cansaram... O tempo não é nosso, mas não podemos parar de cavar, não devemos desistir de buscar... Como disse Kant: “A paciência é amarga, mas seus frutos são doces”. A paciência não é uma virtude admirada por muitos, mas os que a conquistam colherão os mais excelentes frutos.
Os grandes tesouros estão em nós, mas precisamos exercitar a paciência para cavar até desenterrar.
Eu não quero partir sem antes me tornar tudo aquilo que Deus almeja que eu seja; Eu quero viver a vida que Jesus conquistou pra mim.
E você? Está conformado com a vida em que vive? Andou tropeçando em pequenas pedras, se deixou controlar pelos riscos e perigos da jornada? O medo das tempestades te impede de explorar os grandes mares? Seus traumas e conflitos fizeram de você um alguém sem sonhos, sem rumo e sem esperança?
Eu posso afirmar: É possível garimpar ouro em meio aos conflitos! Sabe como?
Agradeça a Deus pela vida e pelas perdas, faça delas uma oportunidade para compreender as limitações da existência e crescer; Saia um pouco da rotina, faça de sua vida uma aventura; Faça escolhas, trace metas e as execute com paciência; Tenha coragem para correr riscos; Não seja controlado pelos fracassos – assumi-los, enfrentá-los e enxergá-los com outra perspectiva impedirá um grande conflito em sua mente; Diante de uma derrota, levante a cabeça e volte a sonhar; Seja persistente, anime-se diante dos desafios e não pare de cavar...



ÉRICA DA SILVA